“Tarifário dos TUB sem aumentos em 2020”

“TUB não vão aumentar os preços em 2020. A proposta de tarifário é votada amanhã em reunião de câmara. Executivo de Ricardo Rio deve ainda aprovar a transferência de 5,6 milhões de euros para a empresa municipal a título de subsídio à exploração.”

“Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) não aplicar qualquer aumento no tarifário em 2020. A proposta nesse sentido é votada amanhã em reunião de câmara extraordinária, que tem também em agenda a aprovação do contrato-programa para 2020 a celebrar entre o Câmara e a empresa municipal e que prevê a transferência para esta última de 5,6 milhões de euros a subsídio à exploração.

A proposta de não aumento do tarifário é apresentada pela administração dos TUB com o objectivo de “continuar a promover a mobilidade sustentável, a descarbonização da cidade, a captação de novos clientes e a redução da utilização do transporte individual”.

Na proposta, a administração da empresa municipal realça que, desde 2014 os TUB registam um aumento consistente de validações e da receita proveniente da venda de títulos de transporte.

Em quatro anos o número de passageiros cresceu 16% e o volume de negócios dos TUB aumentou 12%.

Este desempenho foi conseguido sem qualquer aumento de tarifário, realça a proposta dos TUB, considerando que “o crescimento resultou de melhorias na qualidade de serviço prestado, da optimização e da melhoria da rede de transportes, da facilitação no acesso aos títulos de transporte, do reforço da complementaridade com os outros modos de transporte e da acção comercial que os TUB têm vindo a desenvolver”.

Essa tendência de crescimento mantém-se neste ano de 2019.

Entretanto, a Câmara de Braga propõe-se transferir, ao longo do próximo ano, 5.649.985 euros para os TUB.

Segundo o contrato-programa que também é votado amanhã em reunião de câmara, os 5,6 milhões de euros vão ser pagos pela autarquia em prestações mensais de 470.832 euros.

Ao valor a transferir directamente dos cofres municipais, a autarquia também deverá transferir para os TUB cerca de 91.919 euros, verba relativa às transferências da Administração Central.

A transferência da Administração Central destina-se a cobrir os descontos sociais aplicados aos passes 4_18@escola.pt e sub23 @superior.pt, cujos valores se estimam, respectivamente, com base nos valores finais projectados para 2019, em 13.128 euros e 78.791 euros – no total de 91.919 euros.”

in Correio do Minho, 27/10/2019 #recortesdeimprensa #TUB #mobilidade #sustentável