“TUB com resultados “excelentes” há cinco anos consecutivos”

“O ANO DE 2018 teve para os Transportes Urbanos de Braga (TUB) mais resultados positivos líquidos, mais passageiros, mais volume de negócios, mais qualidade da frota e mais confiança dos utentes. “

“Quanto maiores são as dificuldades a vencer, maior será a satisfação.”
Cícero

Mais resultados positivos líquidos, mais passageiros, mais volume de negócios, mais qualidade da frota e mais confiança dos utentes. Estes são os ‘cinco mais’ apontados ontem pelo presidente do Conselho de Administração dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), Firmino Marques, para justificar os “excelentes resultados” que a empresa municipal alcançou em 2018, tendo conseguido assim manter resultados positivos nos últimos cinco anos.

“Estes resultados enchem de orgulho todos os bracarenses. Os TUB são uma empresa municipal que presta um serviço de enormíssima qualidade e todos os colaboradores são os grandes obreiros desta enorme satisfação”, defendeu o também vicepresidente da Câmara Municipal de Braga, assumindo que os dados “fantásticos” que ontem foram apresentados “demonstram uma empresa completamente entregue aos resultados e ao cumprimento dos objectivos”, não se refugiando “em desculpas nem atirando a toalha ao chão perante as dificuldades”.

Com um resultado líquido positivo de 37,2 mil euros sem que se tenha verificado qualquer aumento de tarifários e até com o alargamento dos benefícios aos estudantes do ensino secundário, “os TUB têm ajudado a economia familiar dos bracarenses”.

Para Firmino Marques este “é um dado digno de registo” numa empresa que “faz questão” de utilizar a política dos “cinco mais”. Aos “cinco mais”, já mencionados, Firmino Marques acrescentou mais um: “mais colaboração contínua e permanente de todos os colaboradores dos TUB”.

Entretanto, o administrador dos TUB, Teotónio dos Santos, realçou o facto de este ser o “quinto ano consecutivo” da empresa com resultados líquidos positivos, destacando o congelamento dos preços desde 2013.

Para além dos números apresentados (ver caixa), aquele res ponsável lembrou ainda que 2018 foi o ano do início da renovação da frota, com a aquisição de seis autocarros eléctricos, orçados em três milhões de euros.

Esta renovação vai continuar até o próximo ano, fruto de uma segunda candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), que vai permitir ainda a aquisição de mais sete autocarros eléctricos e 25 autocarros a gás, num investimento de 10 milhões de euros.

Teotónio dos Santos referiu que estes dados são “o reflexo da confiança dos bracarenses” naquela empresa pública, acreditando que no futuro os TUB vão “continuar a crescer em todos os domínios e alargar o âmbito de negócio”, já que há muitos projectos para avançar em breve, destacando-se aqui a gestão da fiscalização do estacionamento público à superfície na cidade.

Com 344 colaboradores e 147 viaturas, a empresa municipal possui uma rede de 300 quilómetros, com 1873 paragens. Em 2018, os autocarros percorreram mais de 6,1 milhões de quilómetros em mais de 400 mil horas de serviço público, tendo efectuado quase 600 mil viagens. De salientar que os TUB apresentaram uma taxa de regularidade dos serviços superior a 99%.

in Correio do Minho, 10/04/2019 #TUB #mobilidade #sustentável #recortesdeimprensa