“TUB já levaram 25 mil veraneantes à praia de Adaúfe”

“A conhecida Linha 44 dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), que faz a ligação entre a Avenida Central e a praia fluvial de Adaúfe durante o verão, já transportou cerca de 25 mil pessoas desde que foi criada, há quatro anos.”

“Este circuito, disponibilizado exclusivamente no período estival, faz diariamente 16 viagens com partida da Avenida Central e regresso da praia fluvial de Adaúfe, entre as 10h00 e as 19h00.

Este ano, desde que iniciou o serviço, a 25 de junho, o autocarro já transportou mais de seis mil passageiros, um número aproximado ao do ano passado, em que foram contabilizados sete mil.

Até ao dia 2 de setembro, bracarenses e turistas podem utilizar esta linha sazonal que faz transporte para uma das praias fluviais mais aprazíveis e procuradas do Norte do país, a qual ostenta, mais uma vez, a Bandeira Azul. Ana

Miranda, na casa dos 70 anos, é uma passageira assídua desta linha. Apesar de morar em Adaúfe, utiliza sempre o autocarro dos TUB nas suas deslocações à praia fluvial, que acontecem sobretudo nos dias de maior calor.

«Na rua não se pode andar, aqui à beira-rio e com estas árvores sentimos alguma fresquinha», disse a septuagenária.

Também Fernando Costa, de 68 anos, antigo funcionário da Câmara Municipal, aproveita o autocarro da Linha 44 para se «refrescar» naquela praia bracarense do rio Cávado. «Venho duas ou três vezes por semana, ao fim de semana não venho, porque é muita confusão, não há sítio para pôr uma toalha», disse.

Braga O circuito de verão dos TUB entre a Avenida Central e a praia fluvial de Adaúfe está disponível até ao dia 2 de setembro.

Linha 44 proporciona diariamente oito ligações a partir de Braga, das quais duas com passagem pelo centro da freguesia de Adaúfe.

Praia tem vigilância e posto de socorro

Nos últimos dias, com temperaturas acima dos 35 graus, a praia fluvial de Adaúfe tem sido procurada por milhares de pessoas em gozo de férias que encontram nesta estância balnear condições adequadas para a prática balnear.

Segundo Sandra Cerqueira, da administração dos TUB, a praia de Adaúfe, durante as férias escolares, tem recebido também muitas crianças de escolas e ATL transportadas pelo autocarro da Linha 44.

«Acreditamos que até ao dia 2 de setembro vamos chegar às sete mil pessoas», disse a responsável, segundo a qual esta linha dos TUB «é uma aposta ganha».

O autocarro que faz este circuito de verão, com 58 lugares, está preparado para transportar pessoas com mobilidade reduzida, pois a própria praia é inclusiva, dispõe de uma cadeira anfíbia através da qual os utilizadores podem tomar banho no Cávado.

Eurico Santos, o motorista que às terças-feira assegura a carreira das 15h00, tem notado uma procura crescente por este meio de transporte não só por bracarenses, mas também por turistas que visitam a cidade de Braga.

Segundo disse ao Diário do Minho, as reações e os comentários sobre este serviço dos TUB têm sido «muito positivos», notando que a cidade não tem nenhuma praia e este circuito acaba por «facilitar» a frequência de uma estância balnear no rio Càvado de «excelente qualidade», a cerca de dez quilómetros de Braga.

«As pessoas dizem que gostam muito deste serviço e que é uma mais-valia para a cidade e para quem não tem viatura e mesmo as que têm transporte dizem que preferem vir de autocarro porque quando chegam aqui podem não encontrar estacionamento», referiu.

A Linha 44 dos TUB vai manter-se no próximo ano e se necessário até será reforçada. «Nós analisamos diariamente o número dos passageiros transportados e os nossos motoristas, os nossos agentes únicos também nos dão sempre esse retorno de informação, e se houver maior afluência nós na mesma hora temos flexibilidade para reforçar o serviço» assegurou Sandra Cerqueira.

Neste circuito cada viagem custa dois euros e o bilhete pode ser utilizado para o regresso caso o passageiro não permaneça mais de uma hora e meia na praia.

Se o utente usar bilhetes pré-comprados, a viagem fica mais barata 51 cêntimos.

Os passageiros podem usar nesta linha também o passe mensal.

As viagens são diárias e têm partida da Avenida Central (junto do Museu Nogueira da Silva), às 10h00, 11h00, 12h00, 15h00, 16h00, 17h00, 18h00 e 19h00.

Praia de Adaúfe «é tranquila e está bem tratada»

Este circuito dos TUB já se tornou familiar para muitos bracarenses que neste altura do ano escolhem a praia fluvial de Adaúfe para passar algum do seu tempo de férias. É o caso de Luís Oliveira e de Bruna Braga, um par de jovens namorados que nos últimos dias dias tem utilizado com mais frequência o 44.

«Gostámos da praia de Adaúfe porque é tranquila e está bem tratada, tem excelentes condições, está-se lá muito bem», disseram ao Diário do Minho.

Embora considere o autocarro um «excelente meio» para ir à praia, Luís Olivera, 20 anos, estudante da Universidade do Minho, considera que o bilhete avulso tem um preço «um pouco excessivo» (2 euros a viagem).

«Para nós estudantes, não dá para ir todos os dias, vamos só quando está mais calor», acrescentou o jovem.”

Estacionamento tornou-se insuficiente

A Junta de Freguesia de Adaúfe disponibilizou este ano mais 100 lugares de estacionamento na praia fluvial.

Mesmo assim, o espaço torna-se pequeno para o número de viaturas que se concentra na estância balnear.

O estacionamento de viaturas nos dois lados do acesso principal à praia tem impedido o autocarro da Linha 44 dos TUB de levar os passageiros até ao recinto da estância balnear. A paragem é feita na berma da estrada, a algumas centenas de metros da praia, situação que não agrada a muitos utentes.

Alguns dos idosos que ontem fizeram o circuito das 15h00 queixaram-se deste constrangimento de mobilidade e defenderam que a Câmara de Braga devia procurar resolver o problema.

Sandra Cerqueira, administradora dos TUB, mostrou-se sensível aos argumentos e tomou boa nota das queixas, referindo que a resposta a esta situação passa por um «esforço coletivo» da Câmara de Braga, da Junta de Freguesia de Adaúfe e dos TUB. A praia fluvial de Adaúfe é procurada todos os anos por milhares de veraneantes devido às condições que ofereçe. Além do rio, dispõe de percursos pedonais e de um extenso relvado onde se pode apanhar sol, fazer piqueniques e jogos.

Desde há alguns anos, passou a ser também acessível a pessoas com mobilidade reduzida, através da disponibilização de uma cadeira anfíbia.

A praia de Adaúfe é uma das 33 praias fluviais portuguesas com Bandeira Azul, atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa.”

in Diário do Minho, 23/08/2018 #TUB #recortesdeimprensa #braga #mobilidade #sustentável