“Transportes de Braga vão investir 10 milhões de euros em 36 novos autocarros até 2021”

“A empresa Transportes Urbanos de Braga (TUB) vai investir 10 milhões de euros em 36 autocarros novos até 2021, renovando 30% da sua frota, segundo o comunicado hoje divulgado pela Câmara Municipal de Braga.

Dos 36 novos autocarros que a empresa quer comprar, 27 são a gás natural comprimido e nove elétricos.

Para já, há um financiamento aprovado em Assembleia Municipal para a aquisição de seis autocarros elétricos, mas que ainda não estão disponíveis porque a autarquia aguarda o visto do Tribunal de Contas.

Há também um financiamento aprovado para comprar 14 autocarros a gás natural comprimido.

Por fim, os TUB querem adquirir mais 13 autocarros a gás natural comprimido e três elétricos.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, na Assembleia Municipal de sexta-feira, citado no comunicado, a renovação da frota “terá impactos bastantes positivos na operacionalização da atividade dos TUB, na segurança e disponibilidade dos autocarros para o serviço, na qualidade de vida dos cidadãos e na sustentabilidade ambiental dessa mesma frota”.

O autarca afirmou ainda que há discriminação do Estado face aos apoios concedidos aos transportes públicos da área metropolitana de Lisboa e Porto e aos transportes de fora dessas áreas.

Ricardo Rio justificou a preferência por veículos movidos a gás natural, em vez de elétricos, por o sistema ainda “carecer de maturação e poder pôr em causa a normal operação dos TUB”, o que seria um risco quando o serviço ainda não é completamente fiável.”

in Jornal de Noticias, 21/07/2018 #tub #mobilidade #sustentavel