“Dezenas de agentes da PSP e barras de betão garantem total segurança na Noite Branca”

“Várias agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Braga, auxiliados pela Unidade Especial de Polícia e pelo Corpo de Intervenção da PSP, bem como blocos de betão, estrategicamente colocados nos locais de maior concentração de pessoas, vão garantir a total segurança e tranquilidade na Noite Branca de Braga, que se espera que seja uma grande festa. Os planos de Segurança, Mobilidade e Dispositivo de Socorro e Assistência foram apresentados ontem, em conferência de imprensa realizada na GNRation.

Na conferência estiveram, Vítor Azevedo, chefe da Divisão Municipal de Proteção Civil; o subintendente Pedro Colaço, chefe da Área Operacional do Comando de Braga da PSP; Nuno Ribeiro, coodenador da Polícia Municipal de Braga; Teotónio Santos, administrador dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), e Cláudia Leite, da programação da Noite Branca.

Uma vasta equipa a trabalhar, «em coordenação » para que tudo corra bem durante os três dias do evento, que deve mobilizar cerca de 350 mil pessoas.

Os atos terroristas perpetrados em Barcelona, que mataram 15 pessoas, entre elas duas portuguesas, puseram em alerta as autoridades, que entenderam tomar todas as medidas de segurança possíveis para precaver eventuais atentados.

Assim, tal como o presidente da Câmara de Braga tinha prometido, a Noite Branca de Braga 2017 vai ter um significativo reforço de segurança em várias vertentes.

Ontem, na conferência de imprensa, o subintendente da PSP, Pedro Colaço não divulgou o número exato de agentes, mas esclareceu que vai ser bastante superior aos habituais.

«Nestes dois dias, de sexta para sábado e de sábado para domingo, a PSP, como polícia integral que é, terá todas as suas valências no terreno; desde a investigação criminal, o trânsito, as equipas de intervenção rápida, segurança privada; e será também reforçada pela Unidade Especial de Polícia e pelo Corpo de Intervenção », começou por dizer, para depois acrescentar:

«toda a parte central da cidade e as artérias de acesso aos locais dos espetáculos vão estar balizados e condicionados por jerseys [barras de betão] e agentes, assim como polícias em zonas estratégicas para impedir o acesso de carros», anunciou.

Este responsável garantiu que a PSP procurou promover um policiamento por forma a garantir a segurança e o conforto a todos quantos visitarem Braga nestes três dias.”

in Diário do Minho, 31/08/2017 #TUB #mobilidade #sustentável