“TUB consulting”

tub_suplemento_19_09_16-5

“Por forma a prestar um serviço de qualidade os TUB procuram diariamente o estado da arte, o que permitiu criar o TUB Consulting.
O TUB Consulting é o repositório do conhecimento dos TUB, área fundamental para desenvolver produtos e serviços com valor para os seus clientes atuais e potenciais.
Os TUB são uma fonte de conhecimento no que diz respeito à mobilidade e ao território. Esse facto tem sido evidenciado através de vários estudos sobre matérias tais como o Gás Natural em Veículos de Passageiros, o BRT – Bus Rapid Transit, o Transporte Porta a Porta, a Mobilidade Urbana Sustentável, as tecnologias aplicadas à mobilidade e à cidade, o Transit Oriented Development, o Urbanismo e a Regeneração Urbana.
A inserção do BRT em cidades de média dimensão com centros históricos delicados, assim como as zonas 30 e os duplos sentidos cicláveis têm vindo a ser estudados pelo TUB Consulting.
Para além das áreas da Engenharia, o TUB Consulting possui também conhecimento nas áreas das Ciências Humanas e Sociais, como sejam estudos de satisfação de clientes, não clientes e colaboradores já apresentados em congressos científicos internacionais.”

“Connected BUS – Prova de conceito entre TUB e IBM”
“Os Transportes Urbanos de Braga, juntamente com a IBM, estão a desenvolver uma “Prova de Conceito” que além de disponibilizar Internet a bordo, permite acesso à telemetria dos autocarros.
Utilizando o poder da plataforma IOC – Intelligent Operations Center, que ajuda os líderes a gerir os ambientes complexos da cidade em que se inserem, permite monitorizar a localização do autocarro em tempo real, a contagem da entrada e saída dos passageiros e ainda a monitorização de diversos parâmetros da viatura, como por exemplo a temperatura do motor.
A primeira fase, entretanto, já concluída, tinha como principal objetivo disponibilizar internet a bordo dos autocarros da linha “43 – Estação CF – Universidade do Minho” e contagem da saída dos passageiros através de sensores visuais que permitem contabilizar os passageiros que saem em cada paragem.
A segunda fase, iniciada ainda em 2016, está a dotar os autocarros da linha “94 – Ponte Pedrinha – Montélios” das mesmas capacidades referidas anteriormente, e também do acesso a dados em tempo real de telemetria e georreferenciação das viaturas. Com a telemetria e com a comunicação bidirecional, é possível um contacto permanente entre um centro de controlo, o motorista e a viatura, obtendo-se, assim, informações em tempo real e uma abordagem ativa nomeadamente na Manutenção e no controlo de rotas.”

“Ligação ao Ensino Superior”
“Os TUB têm protocolos com a Universidade do Minho, a Universidade Católica e o IPCA – Instituto Politécnico do Cávado e do Ave. Os protocolos foram feitos já depois de existirem trabalhos em curso onde se incluem treze dissertações de mestrado e um doutoramento. Desta forma os TUB estão a aumentar as competências e as qualificações dos seus quadros.”

“São Tomé e Príncipe”
“O conhecimento depositado no TUB Consulting, fruto das competências adquiridas, levou a que os TUB tenham projetado a rede de transportes públicos de passageiros de São Tomé em 2015.
Levantamos os principais pólos geradores de mobilidade tais como o Liceu Nacional, escolas, universidades, mercados, aeroporto, hospital, centros de saúde, cemitérios, quartéis, zonas habitacionais, zonas centrais da cidade, porto, zonas comercias, futuras zonas de expansão comercial e industrial e ligações a outros distritos. Foi ainda inventariado o número de viaturas existentes e de terrenos para a instalação de um PMO – Parque de Material e Oficinas.
O trabalho já realizado inclui também o desenho da rede de transportes coletivos, a determinação de tempos de percurso e velocidades comercias, das linhas com a definição das frequências, dos horários e número de veículos e motoristas necessários para a operação e ainda a definição da frota, os tarifários, o sistema de bilhética e o sistema de ajuda à exploração, bem como o projeto de um PMO, a definição do modelo organizacional e o estudo de viabilidade económica.
Os TUB disponibilizaram-se para apoiar as autoridades de São Tomé na monitorização e controle do operador de transportes, por forma a dar a confiança de que o trabalho contratado está a ser realizado.

“Certificação IDI”
“Os TUB foram a primeira empresa na área dos transportes rodoviários de passageiros e a primeira empresa municipal a ser certificada em IDI – Sistema de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação (NP 4457), tendo recebido essa certificação nos Paços do Concelho, no dia 21 de Setembro de 2015.”

in Suplemento “ESTAMOS PRESENTES”, 19/09/2016 #TUB #mobilidade #sustentável