“Mobilidade Sustentável”

dm160517-10

“Mobilidade Sustentável é a capacidade de dar resposta às necessidades da sociedade em deslocar-se livremente, aceder, comunicar, transacionar e estabelecer relações sem sacrificar outros valores humanos e ecológicos, hoje e no futuro.

Os seus principais objetivos são contribuir para a sustentabilidade ambiental e para a melhoria da saúde pública com a redução da poluição sonora e dos GEE – Gases de Efeito de Estufa.

A criação de espaços públicos urbanos que sejam acessíveis, seguros, agradáveis ao convívio e que promovam a inclusão social são, também, objetivos importantes da Mobilidade Sustentável e que melhoram a qualidade de vida das pessoas.

Promover a mobilidade sustentável significa adotar medidas que permitam a existência de um ecossistema favorável. Criar um ecossistema favorável Desde janeiro de 2014 que os TUB organizam a participação de todos.

Ouvir e trabalhar com todas as partes interessadas, desde técnicos, autoridades, associações, organizações, líderes regionais, residentes, comerciantes, para de seguida elaborar planos e executar os mesmos com bases sólidas e soluções participadas. Participaram em debates, organizaram e apelaram à participação das pessoas promovendo o debate sobre a Mobilidade em iniciativas, como os “Pequenos-almoços com…” e “Ouvir a Cidade”.

Os TUB melhoraram a oferta, congelaram os tarifários, eliminaram restrições aos estudantes e reformados, facilitaram o acesso aos títulos de transporte com o alargamento dos horários nos postos de venda, com a presença no Balcão Único, com o carregamento por multibanco, com a inauguração da Loja da Mobilidade na Central de Camionagem e já este ano implementaram o “TUB Agente Payshop”, dispondo de 70 pontos de venda em todo o concelho.

Realizaram campanhas de promoção, melhoraram a comunicação com a população, participaram ativamente nos principais eventos desportivos e culturais da cidade e iniciaram nas escolas, junto dos mais novos, uma campanha de promoção da Mobilidade Sustentável.

Ao longo de dois anos, através da Mobilidade Sustentável, os TUB assumiram-se como uma verdadeira alternativa ao transporte individual e conseguiram aumentar o número de passageiros – contribuindo, assim, para uma Cidade mais Inteligente, mais Inclusiva e mais Sustentável.

Braga Smart City Uma das variáveis estratégicas em todas as cidades inteligentes é a forma como as pessoas nela se deslocam – e Braga afirma-se crescentemente como um espaço de discussão quanto à temática das “Smart Cities”. Ainda este mês a cidade será palco de dois eventos em que esta temática estará bem presente:

– O Game Changers – Surfing the Wave of Technology Disruption, conferência de apresentação do estudo nacional dedicado à 4.ª Revolução Industrial, desenvolvido pela Plataforma para o Crescimento Sustentável, que vai decorrer no dia 18 de maio, no Theatro Circo;

– O FICIS – Fórum Internacional da Comunidades Inteligentes e Sustentáveis, que vai decorrer nos dias 24 e 25 de maio no Theatro Circo, com o apoio dos TUB, onde, na sessão dedicada à mobilidade, estarão em evidência a mobilidade ciclável, com apresentação de casos de estudo internacionais, a gestão inteligente de tráfego com recurso à semaforização nas cidades, e ainda o transporte flexível, vulgarmente apelidado de transporte porta a porta, que procura dar resposta às necessidades de grupos mais restritos de utilizadores, quer em zonas menos densamente povoadas ou em horas de menor procura.

Uma “Smart City” é caraterizada por uma visão a longo prazo. No entanto, os ganhos imediatos são importantes.

É por isso que os TUB entraram no Hospital, foram à Ponte Pedrinha, inauguraram uma nova linha para o Ikea e facilitaram o acesso aos títulos de transporte. Tudo isto atraiu um amplo apoio e adesão, graças aos seus objetivos claros e alinhados com o futuro e realidade em que nos encontramos.

É assim que, com uma visão clara, vamos construindo todos os dias o futuro.”

in Diário do Minho, 17/05/2016 #TUB #Mobilidade #Urbana #Sustentável