Todos os artigos de webmaster

“TUB: linha de Palmeira até ao Hospital Privado”

“TUB: linha de Palmeira até ao Hospital Privado”

“A PARTIR DE AMANHÃ, a linha 45 dos TUB vai passar a ligar Palmeira ao Hospital Privado, em Nogueira. Esta foi uma das medidas avançadas ontem no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade.”

“A partir de amanhã, a linha 45 dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), que liga a Ponte do Bico, na freguesia de Palmeira, ao centro da cidade, vai prolongar- se até ao Hospital Privado, em Nogueira. Esta é uma das medidas, anunciada ontem no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade, e que vai ao encontro da necessidade de “reinventar o paradigma da mobilidade da cidade” como defendeu o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, destacando a “melhoria substancial da oferta dos transportes públicos” nos últimos anos.

A falar durante a apresentação das medidas inseridas na Semana Europeia da Mobilidade, o presidente da autarquia assumiu que “é preciso, de um vez por todas, estimular a utilização dos transportes públicos”. Isso requer, ainda de acordo com Ricardo Rio, duas “mudanças fundamentais”: “do ponto de vista da procura para que as pessoas se habituem a utilizar os transportes públicos e do lado da oferta dos TUB”.

Mas de uma forma geral, nos últimos anos, “já houve uma melhoria substancial da oferta dos transportes urbanos, com aumento das linhas disponíveis, aumento das frequências, com serviço de fim-de-semana e noite e serviço de eventos e tudo isso reflecte-se numa utilização crescente dos TUB e na adesão da população”, assegurou o presidente, realçando o esforço que a câmara e os TUB “querem continuar a desenvolver”.

Rio aproveitou para “reconhecer” o trabalho feito do até então presidente do Conselho de Administração da empresa municipal, Firmino Marques, bem como de todos os colaboradores.

Outra das medidas permanentes, ontem anunciadas pelo administrador dos TUB, Teotónio dos Santos, foi em relação à Linha 74, que liga as Camélias ao Hospital de Braga. “A partir de sábado vai ser melhorada a oferta da linha Camélias – Hospital de Braga aos sábados, domingos e feriados”, anunciou o administrador, lembrando que “em 2014 não havia qualquer oferta para aquela unidade hospitalar”. Esta linha “tem tido uma procura muito relevante e, por isso, vai ser melhorada a oferta de 30 em 30 minutos”, justificou.

Já sobre a Linha 45, Teotónio dos Santos referiu que “o Hospital Privado movimenta diariamente cerca de duas mil pessoas”, por isso, a linha, que terminava no centro da cidade, vai ser estendida até Nogueira “com a inclusão de mais meios com frequência de 30 em 30 minutos”.

Se se justificar, até ao final do ano, esta medida vai ser replicada aos sábados, domingos e fins-de-semana.

Outra das medidas avançadas ontem foi o retomar do projecto ‘Transporte e Cidadania’ dos TUB. A acção de sensibilização começa, na próxima sexta-feira, na EB2,3 Frei Caetano Brandão, pertencente ao Agrupamento de Escolas de Maximinos. Coincidindo com o início do ano lectivo 2019/2020, o projecto chegou, o ano passado, a cerca de três mil alunos de várias escolas do concelho.”

in Correio do Minho, 18/09/2019 #recortesdeimprensa #tub #mobilidade #sustentável

“TUB assinalam Semana da Mobilidade com reforço da oferta para hospitais”

“Os Transportes Urbanos de Braga vão reforçar duas das suas linhas até aos hospitais público e privado. São elas a 74, que liga a zona das Camélias ao Hospital de Braga, e a 45, que passará a ligar a Ponte do Bico, em Palmeira, ao Hospital Privado, localizado na freguesia de Nogueira.

No caso da primeira linha, a 74, a alteração, a ser introduzida no próximo sábado, dia 21 de setembro, prende-se com o aumento da oferta de autocarros aos sábado, domingos e feriados, com uma frequência de 30 em 30 minutos. No segundo caso, referente à linha 45, esta deixa de terminar no centro da cidade, estendendo-se agora até ao Hospital Privado (Nogueira), também com a a mesma frequência, a partir de quinta-feira, dia 19. Caso esta alteração seja bem sucedida, os TUB pretendem estender a oferta aos fins de semana e feriados, tal como passará a acontecer na linha 74.

De acordo com Teotónio dos Santos, da administração dos TUB, estes reforços pretendem dar uma resposta às necessidades da população, tratando-se de duas zonas com uma elevada afluência, quer em termos habitacionais como de prestação de serviços, com destaque para as unidades hospitalares. «Lembro que, em 2014, não havia qualquer oferta ao fim de semana para o Hospital [de Braga]», disse.

Sobre a melhoria da oferta na zona de Nogueira, atualmente «muito povoada», esta visa servir «de uma forma direta» aquelas pessoas que lá vivem e trabalham e, numa segunda fase, os habitantes de Palmeira que «deixam de ter de fazer o transbordo no centro da cidade». Na apresentação destas novidades, o presidente da Câmara Municipal de Braga destacou a necessidade de se «reinventar o paradigma da mobilidade na cidade», através da estimulação do uso dos transportes públicos. Um novo paradigma que pressupõe alterações quer ao nível da procura como da oferta: «é preciso, por um lado, que as pessoas se habituem a utilizar os transportes públicos e que se sintam reconhecidas no serviço que lhes é prestado e, por outro, termos a capacidade de melhorar o serviço reforçando a oferta e respondendo paulatinamente às necessidades da população».

Reconhecendo que «há muitas solicitações» na área dos transportes «ainda não cumpridas» no concelho, Ricardo Rio disse haver vontade para as solucionar, sendo necessário a adoção de medidas ajustadas às necessidades. «Algumas dessas solicitações são interessantes do ponto de vista económico assim haja meios para corresponder a essa mesma procura. Outras não serão satisfeitas com a oferta tradicional e vão exigir, da parte da Câmara Municipal e dos TUB, soluções mais flexíveis a cada uma dessas necessidades», referiu o edil destacando «a melhoria substancial da oferta» registada nos últimos anos, a qual se reflete «numa utilização crescente» dos transportes públicos em Braga.

Para Ricardo Rio, trata-se de um esforço que «queremos continuar a desenvolver para tornar os transportes públicos cada vez mais atrativos, principalmente nas zonas de clara expansão da cidade», sustentou.

Também presentes na conferência de ontem estiveram os presidentes das Uniões de Freguesia de Nogueira, Fraião e Lamaçães e de Palmeira, que enalteceram este reforço da linha 45, já que beneficiará uma grande franja da população de ambas as zonas da cidade, facilitando as respetivas deslocações.”

in Diário do Minho, 18/09/2019 #recortesdeimprensa #tub #mobilidade #sustentável

Transportes Urbanos reforçam ligação aos Hospitais da Cidade

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) anunciaram esta Terça-feira, 17 de Setembro, o alargamento da linha 45 até ao Hospital Privado, situado na freguesia de Nogueira. A linha, que faz a ligação entre a Ponte do Bico e a Avenida Central, irá prolongar-se até ao Hospital Privado já a partir desta Quinta-feira, dia 19 de Setembro.

Nesta primeira fase, a linha 45 funcionará de Segunda a Sexta-feira, com uma frequência de 30 em 30 minutos, estimando-se que até ao final do ano este alargamento aconteça também aos Sábados, Domingos e Feriados.

A par do alargamento da linha 45, os TUB anunciaram igualmente a melhoria da oferta na linha Camélias-Hospital de Braga que, a partir de 21 de Setembro, passará a funcionar aos Sábados, Domingos e Feriados.

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, este reforço constitui uma resposta eficaz às necessidades da população que reside e trabalha naquela zona do Concelho.

O reforço destas linhas foi anunciado no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade que se assinala até ao próximo Domingo.

“TUB registam subida de 8% na carreira da praia de Adaúfe”

“Autocarros transportaram uma média diária de 104 passageiros”

“O transporte efetuado este ano pelos Transportes Urbanos de Braga TUB) para a praia fluvial de Adaúfe voltou a crescer em número de utilizadores comparativamente ao ano de 2018, sendo o aumento na procura superior a 8 por cento, anunciou a empresa municipal.

Os TUB referem, em comunicado de imprensa, que este circuito, em 2019, teve 65 dias de operação, entre 29 de junho e 1 de setembro, e transportou uma média diária de 104 passageiros.

Em 2018, foram 70 dias de operação e a média diária de passageiros transportados tinha-se ficado pelos 96 passageiros, de acordo com a nota de imprensa.

«O aumento na procura superior a 8 por cento revela bem a satisfação e o interesse que o circuito, criado em 2014, tem suscitado junto dos bracarenses e de todos aqueles que nos visitam», pode ler-se no documento enviado à redação do Diário do Minho.

Recorde-se que o circuito funciona no período de verão, dispõem de oito viagens diárias com partidas da Avenida Central entre as 10h00 e as 19h00, ligando o centro da cidade e a praia fluvial de Adaúfe.

«Os Transportes Urbanos de Braga acompanham o desenvolvimento da cidade e de todo o território procurando valoriza- lo. Não somos alheios ao fenómeno turístico que tem ocorrido na nossa região e é exatamente por isso que ano após ano continuamos a apostar na melhoria do serviço» referiu António Gama, diretor comercial dos Transportes Urbanos de Braga, citado no mesmo comunicado de imprensa.

Adaúfe é banhada pelas águas do Rio Cávado e fruto dos investimentos realizados nos últimos anos pela Câmara Municipal de Braga a praia fluvial tem-se tornado um local inclusivo, aprazível, com condições de segurança e de enorme qualidade.

Inclusivamente, foi-lhe atribuída a Bandeira Azul que atesta a qualidade do espaço e demonstra bem o esforço desenvolvido na valorização do território.”

in Diário do Minho, 09/09/2019 #recortesdeimprensa #tub #mobilidade #sustentável

“Ligação dos TUB à praia fluvial de Adaúfe cresceu 8% face a 2018”

“CARREIRA especial dos TUB que liga o centro da cidade à Praia Fluvial de Adaúfe continua a crescer. Este ano aumentou 8% o número de passageiros.”

“O transporte efectuado pelos Transportes Urbanos de Braga (TUB) para a Praia Fluvial de Adaúde cresceu 8% no número de utilizadores, face ao ano passado.
A empresa municipal divulgou ontem que neste Verão de 2019, em 65 dias de operação, aquele cir cuito especial transportou uma média diária de 104 passageiros.

Em 2018, o serviço decorreu durante 70 dias e a média diária de passageiros transportados foi de 96 passageiros.

“O aumento na procura superior a 8% revela bem a satisfação e o interesse que o circuito, criado em 2014, tem suscitado junto dos bracarenses e de todos aqueles que nos visitam”, refere a empresa municipal em comunicado.

O circuito para a Praia Fluvial de Adaúfe funciona no período de Verão, dispondo de oito viagens diárias com partidas da Avenida Central, entre as 10 horas e as 19 horas, ligando o centro da cidade e àquela zona balnear.

Adaúfe é banhada pelas águas do Rio Cávado e fruto dos investimentos realizados nos últimos anos pela Câmara Municipal de Braga a praia fluvial tem-se tornado um local inclusivo, aprazível, com condições de segurança e de enorme qualidade. Inclusivamente, foi-lhe atribuída a Bandeira Azul que atesta a qualidade do espaço e demonstra bem o esforço desenvolvido na valorização do território.

“Os Transportes Urbanos de Braga acompanham o desenvolvimento da cidade e de todo o território procurando valorizalo. Não somos alheios ao fenómeno turístico que tem ocorrido na nossa região e é exactamente por isso que ano após ano continuamos a apostar na melhoria do serviço”, refere António Gama, director comercial dos TUB, citado no comunicado.”

in Correio do Minho, 07/09/2019 #recortesdeimprensa #tub #mobilidade #sustentável

Autocarro Escolar dedicado e gratuito evita congestionamento no centro da cidade

O School Bus de Braga deverá, neste segundo ano de atividade, recolher o dobro dos passageiros, tal o interesse que o programa de mobilidade, redução de tráfego nas escolas com maior congestionamento e descarbonização da cidade tem suscitado, sublinha o vereador Miguel Bandeira. No ano letivo passado foram transportados 200 alunos e retirados de percursos rodoviários pelo menos 166 carros por dia. Este ano, a avaliar pelo interesse demonstrado, subirão a bordo 400 passageiros e das ruas sairão 370 veículos. A viagem é gratuita. Os autocarros estão em quatro pontos periféricos: Minho Center, Continente Bom Dia, variante do Fojo, Estádio Municipal. Dali seguem para a EB 2,3 Francisco Sanches, EB 2,3 André Soares, colégios D. Diogo de Sousa, Leonardo Da Vinci e Teresiano e para o Conservatório Calouste Gulbenkian.

TUB prepara-se para melhorar oferta regular já em Setembro

DEPOIS DA REDUÇÃO TARIFÁRIA os Transportes Urbanos de Braga (TUB) apostam na melhoria do serviço. Já houve linhas reforçadas e, a partir de Setembro, melhora a oferta regular nalgumas zonas.

A empresa municipal de Transportes Urbanos de Braga (TUB) prepara-se para introduzir algumas melhorias na sua oferta regular, já a partir do próximo mês de Setembro.
Algumas das alterações decorrem ainda do programa de apoio à redução do tarifário dos transportes públicos (PART) que, além da redução de 16 por cento no tarifário, implementada em Abril deste ano, prevê um investimento na melhoria do serviço.
No âmbito do PART, o Município de Braga foi contemplado com 782 mil euros, sendo que 81 por cento da verba foi canalizada para a redução do tarifário e arestante está a ser aplicada na melhoria do serviço.
Neste contexto, já foram reforçadas as linhas para o Bom Jesus, aos sábados, domingos e feriados, indica o administrador dos TUB, Teotónio dos Santos.
Na União de Freguesias de Nogueira, Fraião e Lamaçães, a aposta incide no reforço da ligação ao Hospital Privado, localizado na freguesia de Nogueira, nos dias úteis, para responder a uma maior procura.
A outra linha que está a ser reforçada com o apoio do PART é a que liga as Camélias ao Hospital de Braga, com um incremento das ligações ao fim-de-semana.
A partir do próximo mês, os TUB propõem-se melhorar a sua oferta regular incidindo nas zonas do concelho com menos serviço de transporte público, explica Teotónio dos Santos, sem concretizar, contudo, as linhas que vão ser melhoradas.
Questionado sobre o impacto da redução do tarifário, o administrador dos TUB admite que foram ainda poucos meses para sustentar uma análise detalhada e que as pessoas ainda estão a tomar conhecimento das alterações.
Mesmo assim, reconhece que “já se nota um aumento”, quer nas vendas de títulos de transporte, quer nos passageiros transportados.
Certo é que os TUB têm vindo a consolidar um aumento de passageiros nos últimos cinco anos de actividade da transportadora municipal.
Outubro será outro mês marcante para os TUB já que é o mês apontado para a empresa municipal assumir a gestão do estacionamento à superfície em Braga.

Responsabilidade social levou os TUB a adoptar

PROJECTO RIOS mobiliza várias entidades, entre elas a empresa municipal de Transportes Urbanos de Braga assumindo a sua responsabilidade social.

A 14 de Setembro, a empresa municipal de Transportes Urbanos de Braga (TUB) mobiliza os seus colaboradores para mais uma acção de limpeza do Rio Este. No quadro da sua responsabilidade social, a transportadora municipal adoptou um dos troços do Rio Este com maior visibilidade, já que atravessa a zona urbana. Trata-se do troço entre a ponte de São João até ao Altice Forum Braga, junto ao pólo de Braga do IPCA, na União de Freguesias de S. Lázaro e S. João do Souto.

As acções de limpeza, pelo menos uma por ano, contam com o apoio do Clube Recreativo do Pessoal dos TUB (CRPT), sendo objectivo envolver o maior número possível de colaboradores e até a comunidade.

Vânia Barbosa e Cristina Gago fizeram formação específica e têm assumido a componente mais técnica de monitorização do troço de rio adoptado pelos TUB e apontam que “é um projecto mobilizador, mesmo para os colaboradores”.

Duas vezes por ano, as duas colaboradoras do TUB fazem a monitorização daquele troço de água, através da recolha e registo de dados físico-químicos e biológicos.

Sempre que vão ao terreno, Vânia e Cristina são abordadas por populares que aproveitam para fazer denúncias e/ou sugestões, sempre em nome da preservação do rio.

Como adoptante desde 2015, uma das iniciativas dos TUB foi uma plantação de árvores ao longo da margem na tentativa de ajudar à conservação deste ecossistema ribeirinho.

Além da acção de limpeza anual, as próximas saídas de monitorização serão aproveitadas para acções de “plogging” revela Vânia Barbosa, apontando para a recolha de todo o tipo de resíduos no troço em causa.

Cristina Gago admite que “não é fácil conjugar com a actividade empresarial”, mas sinaliza “o envolvimento progressivo dos colaboradores e até de estagiários que passam pelos TUB”.

Além da componente mais técnica, as duas colaboradoras destacam o convívio que se gera nas acções de limpeza e mesmo de monitorização do rio, evidenciando o impacto deste projecto “dentro e fora da empresa”.

Portugal Smart Cities Summit fez um “upgrade” em 2019 – Em Exposição – TUB

Os TUB – Transportes Urbanos de Braga e a Bosch levaram ao Portugal Smart Cities Summit um stand partilhado, no qual deram a conhecer a plataforma MobiBUS. Trata-se de um Sistema de Ajuda à Exploração que está a ser desenvolvido e permite uma integração total com o sistema de bihética actual e com as novas filosofias como a Mobility as a Service, cloud e as diversas plataformas e standards existentes. Esta plataforma permitirá aos TUB, ou a qualquer outra empresa de transportes, gerir e informar o utilizador de quaisquer serviços com uma maior precisão e eficácia.